IP Address: $ip

"; $first_ip=$_SERVER['REMOTE_ADDR']; $hostname=gethostbyaddr($first_ip); echo "Seu IP Reverso: $hostname

"; ?> " Para verificar a autenticidade da informação do seu reverso, acesse http://registro.br/cgi-bin/whois/?qr=$ip" ?>

Conexão Clandestina
 Internet Pirata 
"Não compre gato por lebre!"

Este site tem o intuito de mostrar e denunciar as conexões de Internet ilegais.


Explicando o que seria uma conexão legal e uma ilegal

Conexão legal

Conexão ilegal

Problemas de uma conexão ilegal

Qualidade da Internet

Quando o link do individuo é ADSL (Speedy, Velox, etc), o maior problema esta na taxa de upload, ou seja, na subida do sinal. O que acontece é que no ADSL o upload é sempre mais baixo que o download, ex.: 512 Kbps de download e 128 Kbps de upload. Quando o upload chega no limite, o modem ADSL entra em estado de buffer, reduzindo drasticamente a taxa de download, deixando assim o acesso à Internet terrivelmente lento. Além disso, ele está dividindo uma única conexão ADSL, que foi feita para um único usuário, entre todos os seus clientes. Você e os outros clientes dele estarão disputando uma única conexão ADSL.

Prática de crime

Quando o indivíduo distribui Internet sem autorização, da Anatel ou mesmo da companhia telefônica ele está praticando crime por desenvolver clandestinamente atividades de telecomunicações. (Lei 9.472/1997) e o cliente praticando crime baseado pela mesma lei no artigo 183:

Art. 183: Desenvolver clandestinamente atividades de telecomunicação:
Pena: detenção de dois a quatro anos, aumentada da metade se houver dano a terceiro, e multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais).
Parágrafo único: Incorre na mesma pena quem, direta ou indiretamente, concorrer para o crime.

Art. 184: São efeitos da condenação penal transitada em julgado:
I - tornar certa a obrigação de indenizar o dano causado pelo crime;
II - a perda, em favor da Agência, ressalvado o direito do lesado ou de terceiros de boa-fé, dos bens empregados na atividade clandestina, sem prejuízo de sua apreensão cautelar.
Parágrafo único: Considera-se clandestina a atividade desenvolvida sem a competente concessão, permissão ou autorização de serviço, de uso de radiofrequência e de exploração de satélite

Na mídia

Anatel fecha Internet clandestina, clientes também vão responder

PF fecha empresa de internet clandestina em Aracajú

O DIA Online - Polícia estoura central clandestina de distribuição de sinal de internet em São Gonçalo

clicabrasilia.com.br - Bando vendia sinais para a internet

G1 - Polícia reprime venda ilegal de sinal de internet

Como identificar uma conexão ilegal

Todo provedor de internet tem um endereço chamado reverso, que é o nome do ponto de acesso. O reverso de uma conexão legal sempre leva o nome ou endereço eletrônico da empresa que presta o serviço.

Exemplos de conexões legais

Exemplos de conexões ilegais

Com as conexões ilegais também existe reverso, só que o mesmo não é da empresa de quem você contratou a internet.

Note que nos exemplos acima, o provedor possui um nome enquanto seu reverso tem o nome de outra empresa. Estes exemplos são de provedores ilegais que furtam sinal de provedores legais, como a Telefônica (Speedy) e a Oi (Velox)

Como denunciar para a Anatel

As denúncias podem ser anônimas ou com resguardo do denunciado, mas isto tem que ser solicitado na ocasião.

Telefone: 0800 - 332001 (opção 8)
Fax: (61) 2312 - 2264

Correspondência:
Assessoria de Relações com os Usuários - ARU
SAUS Quadra 06, Bloco F, 2º Andar, Asa Sul
Brasília, DF
CEP: 70.070-940

Ou selecione uma regional mais proxima de voce

OBS: É importante denunciar no Ministério Público da cidade da operadora denunciada, pois a Anatel terá um prazo de 45 dias úteis para averiguar e interromper o serviço, caso seja constatado o crime.

O endereço reverso da sua conexão

Abaixo segue o reverso de sua conexão e o provedor responsável por ela

Seu endereço IP: $ip

Seu reverso: $host

Para verificar a autenticidade da informação do seu reverso, acesse http://registro.br/cgi-bin/whois/?qr=$ip


Associação Brasileira dos Provedores de Internet e Operadoras de Comunicação de Dados Multimídia

(c) 2008 - 2009 Dominioz Serviços de Telecomunicações Ltda & Alexandre Pires Avilla
Modificações de layout feitas por João Paulo Just